21 de setembro ‒ Itália, Tresto: Nossa Senhora das Graças (1486)

Com a generosidade e a coragem de Maria, possamos oferecer o nosso corpo a Jesus

De Maria, escreveram os Santos Padres que Ela, primeiro, concebeu Jesus na fé e só depois na carne, quando disse «sim» ao convite que Deus Lhe dirigiu através do Anjo. Mas aquilo que aconteceu de forma única na Virgem Mãe, verifica-se espiritualmente conosco sempre que ouvimos a Palavra de Deus e a colocamos em prática, como pedia o Evangelho (cf. Lc 11, 28).

Com a generosidade e a coragem de Maria, ofereçamos a Jesus o nosso corpo, para que Ele possa continuar a habitar no meio dos homens; ofereçamos-Lhe as nossas mãos, para acariciar os pequeninos e os pobres; os nossos pés, para ir ao encontro dos irmãos; os nossos braços, para sustentar quem é fraco e trabalhar na vinha do Senhor; a nossa mente, para pensar e fazer projetos à luz do Evangelho; e sobretudo o nosso coração, para amar e tomar decisões de acordo com a vontade de Deus.

Assim nos molde a Virgem Mãe, estreitando-nos ao seu Coração Imaculado, como fez com Lúcia e os Bem-aventurados Francisco e Jacinta Marto.

 

«Com Maria, peregrino na esperança e na paz»

Homilia do Cardeal Parolin, na Eucaristia da Vigília, (Fátima, 12 de maio de 2017) ‒ peregrinação do Papa Francisco ao santuário de Nossa Senhora de Fátima, por ocasião do centenário das aparições 

Cadastrar-se é fácil, cancelar a inscrição é mais fácil ainda.
Não espere mais, inscreva-se agora. É grátis!