9 de setembro ─ França: Continuação das aparições em Pellevoisin (1876)

Consagração da Diocese de Quebec à Virgem Maria

O fato de nos consagrarmos a Maria, é realmente, uma forma privilegiada e eficaz de viver nossa fé eclesial e pessoal em Cristo. Quando confiamos nossa vida aos cuidados e à proteção materna da Virgem Maria, nós nos beneficiamos com a sua intercessão, juntando nossos fracos esforços às suas poderosas preces e à proximidade com Jesus.

Em nossa terra, o Canadá, vós bem o sabeis, existe um número importante de dioceses, eparquias, paróquias, escolas, ruas, edifícios grupos, movimentos, institutos de vida consagrada e instituições variadas, que têm o nome da Virgem Maria. A humilde Virgem de Nazaré foi, inegavelmente, parte integrante do nosso patrimônio cristão e de nossa história religiosa. Tornando a consagrar nosso país a Deus, consagrando-nos, nós mesmos e nossas famílias, a Ele, estaremos agindo da mesma forma que Jesus agiu, pois Cristo optou por se unir a nós e à nossa humanidade.

Por meio desta consagração, da diocese de Quebec à Virgem Maria, neste domingo, 2 de julho de 2017, vamos rezar para (...) que nosso povo esteja mais disposto a ouvir a Boa Nova que é o Evangelho de Jesus Cristo. Rezemos, também, para que nos tornemos discípulos missionários disponíveis e desejosos de partilhar o tesouro da nossa fé.

Cardeal Gérard Cyprian Lacroix, arcebispo de Quebec

Homilia pronunciada em 2 de julho de 2017, na basílica-catedral Nossa Senhora de Quebec.

 

 

 

 

Cadastrar-se é fácil, cancelar a inscrição é mais fácil ainda.
Não espere mais, inscreva-se agora. É grátis!