6 de novembro ─ França: Nossa Senhora de Valfleury

Eu encontrei Deus na escola de Maria

Falar de Maria nunca é demais, ensina-nos São Bernardo.

Aprendi a amar Nossa Senhora desde pequeno, na minha família, mediante a récita do santo terço todas as noites, em família, e quando não era possível, sozinho.

Aprendi que, rezando o terço de Nossa Senhora a gente nunca fica sem as graças de que muito se necessita. Vi por experiência própria, que Nossa Senhora nunca me deixou à deriva nos momentos mais importantes da minha vida cristã, religiosa e sacerdotal.

Nas horas indecisas e nas dúvidas de vocação, sempre a invoquei para ajudar-me a encontrar as luzes do Espírito Santo, a fim de decidir o que fosse melhor para a glória de Deus e para o bem das almas. Em vários momentos, quando tinha tomado a decisão de não seguir adiante na vida religiosa e sacerdotal, sempre Nossa Senhora se interpôs no meu caminho e me direcionou para a meta justa. Hoje sou feliz por Maria Santíssima me conduzir com mão maternal até o Coração do seu divino Filho. Na escola de Maria encontrei Deus para amá-lo e servi-lo com alegria.

Dom Vitório Pavanello ─ SDB, Arcebispo emérito de Campo Grande (Brasil)

Jornalista Thácio Siqueira, para Um Minuto com Maria

Cadastrar-se é fácil, cancelar a inscrição é mais fácil ainda.
Não espere mais, inscreva-se agora. É grátis!