30 de março - Itália, Lucca: Nossa Senhora dos Milagres (1588)

O apelo à oração, à penitência e à conversão

Para a visão dos mártires da Igreja, o cardeal Ratzinger explicou: “A visão da terceira parte do ‘segredo’ (de Nossa Senhora de Fátima, Portugal), tão angustiante no início, termina com uma imagem de esperança: nenhum sofrimento é vão e, precisamente, uma Igreja sofredora, uma Igreja dos mártires torna-se sinal sucinto e indicador para o homem, na sua busca de Deus”.

Mas o cardeal Ratzinger levanta a questão sobre o significado completo daquela visão, lembrando que são acontecimentos já ocorridos, embora trazendo a mensagem de conversão e penitência, sempre atuais: “os acontecimentos aos quais a terceira parte do ‘segredo’ de Fátima faz referência, parecem já pertencer ao passado”.

Aqueles que esperavam impressionantes revelações apocalípticas sobre o fim do mundo e o curso futuro da história ficarão decepcionados. Eis o que resta, como vimos, desde o início das nossas reflexões sobre o texto do “segredo”: a exortação à oração, como caminho para a "salvação das almas" e, no mesmo sentido, o apelo à penitência e à conversão.

Trecho das explicações dadas pelo Cardeal Ratzinger, sobre o terceiro segredo de Fátima, em 2000

Zenit

Cadastrar-se é fácil, cancelar a inscrição é mais fácil ainda.
Não espere mais, inscreva-se agora. É grátis!