27 de março - Bem-aventurado Frei Maria-Eugênio do Menino Jesus, carmelita (+ 1967)

A Virgem fez jorrar a graça do seio de Deus

A maternidade da Virgem Santíssima se exerce na esfera da transmissão da graça. Ela é Mãe, Mãe de Cristo, Mãe do Cristo total, por conseguinte, ela é corredentora; está, portanto, associada à produção da graça com Cristo.

Ela é imaculada, consequentemente, toda santa, toda bela: Deus não lhe recusa nada. Ela é a rainha que está sentada à sua direita, à qual Deus nada pode recusar. Ela tem o poder de intercessão extraordinário, que lhe permite fazer jorrar a graça de Deus, assim como deseja, por causa de sua santidade, porque ela é a mais bela das criaturas, um prodígio no céu.

A Virgem não produziu a graça, mas ela a fez brotar do seio de Deus.

Bem-aventurado Frei Maria-Eugênio do Menino Jesus

Notas, 1º de março de 1964

Caderno de l’Institut Notre Dame de Vie, ‘Je veux demander pour vous l’Esprit Saint’ (Quero pedir o Espírito Santo para vós), Editions du Carmel, página 33.

Cadastrar-se é fácil, cancelar a inscrição é mais fácil ainda.
Não espere mais, inscreva-se agora. É grátis!