15 de março - França, Chartres: Notre Dame de Sous Terre - Itália: Fim das lacrimações de Civitavecchia (1995)

Em 11 de junho de 2012, o ícone chegou a Vladivostok

Sábado, 28 de janeiro de 2012. Neste dia teve início uma peregrinação mariana extraordinária, a do ícone de Nossa Senhora de Czestochowa (Polônia), partindo do Oceano Pacífico, em Vladivostok (Rússia), até o Oceano Atlântico, em Fátima (Portugal), visando a defesa da vida e da família.

Em 11 de junho de 2012, transportado por uma van, o ícone deixou Moscou, chegando a Vladivostok, através do Cazaquistão. A travessia foi de, aproximadamente, 11 000 km e sete fusos horários.

Em 12 de junho, o ícone foi apresentado para a veneração dos fiéis, na catedral da cidade russa de Pokrov, e foi venerado por uma multidão de fiéis, incluindo peregrinos vindos de outras cidades russas. Os fiéis rezaram diante do ícone, tocaram-no e beijaram-no. Sobre o ícone, soube-se que ele protegeria a vida humana, principal objetivo da peregrinação “de um oceano ao outro”, o que despertou grande interesse nas pessoas e nos meios de comunicação.

Na quinta-feira, 14 de junho, o ícone da Mãe de Deus foi transportado para o Extremo Oriente, na Sibéria, e depois seguiu para a Europa. Sua chegada à Fátima estava prevista para o Natal de 2012.

Cadastrar-se é fácil, cancelar a inscrição é mais fácil ainda.
Não espere mais, inscreva-se agora. É grátis!