11 de Março - São Sofrônio de Jerusalém (+ 639)

Ela compreende o homem pecador e o ama

Maria é um sinal luminoso e o um exemplo que atrai a vida moral (...) e merece o título de “Sede da Sabedoria”.

Maria compartilha nossa condição humana, mas em total transparência com a graça de Deus. Não tendo conhecido o pecado, está em condições de partilhar qualquer fraqueza humana. Ela compreende o homem pecador e o ama com profundo amor maternal.

Eis o motivo pelo qual Nossa Senhora está do lado da verdade e partilha o fardo da Igreja, em seu chamamento para as exigências morais a todos e em todos os tempos. Pela mesma razão, ela não aceita que o homem pecador se deixe enganar por aqueles que dizem amá-lo, justificando o seu pecado, pois ela sabe que, assim, o sacrifício de Cristo, Seu Filho, tornar-se-ia inútil.

Nenhuma absolvição, pronunciada por doutrinas filosóficas ou teológicas complacentes, pode tornar o homem verdadeiramente feliz: somente a Cruz e a glória de Cristo ressuscitado podem dar paz à sua consciência e salvar a sua vida.

Cadastrar-se é fácil, cancelar a inscrição é mais fácil ainda.
Não espere mais, inscreva-se agora. É grátis!